terça-feira, 19 de maio de 2009

morada do poeminha

.
.
.
c
hegaram as primeiras coisas do Poeminha feitas pelas mãos da tia-avó. dizer que são lindas é pouco. dizer o que sentimos ao desdobrá-las uma a uma também é impossível. pois fique assim como eu sempre digo: palavras não servem quando o sentimento vai muito longe.
.
.
.
os gestos de carinho me atordoam um bocado.
.
Categories:

2 Palavrinhas:

Cristina disse...

ai, que coisa mais fofa !! ô, delícia ! é muito bom esse momento !! Um abraço

loba disse...

Não só vc, querida. Gestos de carinho me encantam até as raias da bobice.
Lendo o post anterior, me vi inteiramente na sua escrita. Pea diversidade dos assuntos (adoro!) e por tratar de um tema que está em mim a vida toda: educação!
Delicia te ler, viu? Morro de tristeza por não ter estado mais por aqui!
Beijo, fofinha!