quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Filmes 2013

ah, o fetiche das listas. quem escapa delas? em geral, eu as relego, aí, ao lado. esquecidas, semi-atualizadas, sempre incompletas. memória curta, tenho sempre a esperança de que me servirão para lembrar. mas confesso que, dessa vez, é mais do que isto::: fiquei muito contente quando fui reorganizar a lista de filmes que vi no ano passado, pois descobri que vi muito mais do que havia imaginado. tinha a impressão de ter sido um ano de pouquíssimos filmes. ok. já houve ano que assistia a um filme por dia, às vezes dois; já houve ano que a média era de quatro por semana. e em 2013, eu e Tatupai, num daqueles momentos de planos comuns, havíamos combinado ver, no mínimo, três por semana. e foi o ano em que fomos para São Paulo com a intenção de ver a Mostra de cinema. ok. se penso nisso tudo, foram poucos filmes, mas como eu achava que havia, no máximo, assistido a uns quarenta e olhe lá -::: mais de uma centena de filmes é uma grata surpresa [e há sempre aqueles que esqueci de anotar], pois indica que a vida não foi apenas a "forca" do trabalho, como constantemente eu tenho pensado, no início deste ano, na tentativa de que não ocorra o mesmo em 2014. E que filmes maravilhosos eu vi! uma seleção de encher os olhos. muitos dos que vi devo ao Toca dos cinéfilos e à decisão de assistir no computador, enquanto meus dois homens tomam conta da TV, ou assistir de uma forma inusitada::: enquanto passo a roupa da semana (hehe! toda uma técnica...). há tantos modos de continuar próxima do que realmente nos faz bem -. e, sim, sempre há as sessões ideais com a minha amiga Lilian - ela, sim, uma verdadeira cinéfila, com um incrível bom gosto e um grande saber sobre o cinema.

[e para o fetiche ser completo, marquei em negrito os que mais gostei]. 
 
  • Hotel Mekong [Reino Unido, Tailândia, 2012], de Apichatpong Weerasethakul
  • Procurando Elly [Irã, 2009], de Asghar Farhadi
  • A separação [Irã, 2012], de Asghar Farhadi
  • A caça [Dinamarca, 2013], de Thomas Vinterberg
  • Tese sobre um homicídio [Argentina, Espanha, 2013], de Hernán Goldfrid
  • Marina Abramovic [EUA, 2012], de Matthew Akers
  • César deve morrer [Itália, 2013], de Paolo e Vittorio Taviani
  • Cabra marcado pra morrer [Brasil, 2012], de Eduardo Coutinho
  • Inquietos [EUA, 2011], de Gus Van Sant
  • O grande Gatsby [Austrália, EUA, 2013], de Baz Luhrmann
  • Depois de Lúcia [México, França, 2013], de Michel Franco
  • Precisamos falar sobre Kevin [EUA, 2011], de Lynne Ramsay
  • Eles matam e nós limpamos [EUA, 1996], de Red Braddock
  • No [Chile, EUA, 2012], de Pablo Larraín
  • 007 - Operação Skyfall [EUA, Reino Unido, 2012], de Sam Mendes
  • Gainsbourg - o homem que amava as mulheres [França, 2010], de Joann Sfar
  • Evoé! Retrato de um antropófago [Brasil, 2011], de Tadeu Jungle e Elaine Cesar 
  • Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas (2010), de Apichatpong Weerasethakul
  • Pietá [Coréia do Sul, 2012], de Ki-Duk-Kim
  • Assim é, se lhe parece [Brasil, 2011], de Carla Gallo
  • Daquele instante em diante [Brasil, 2011], de Rogério Velloso
  • Mr. Sganzerla - Os signos da luz [Brasil, 2011], de Joel Pizzini
  • Ex isto [Brasil, 2010], de Cao Guimarães
  • Azul é a cor mais quente [França, 2013], de Abdellatif Kechiche
  • Como vive o trabalhador berlinense [Alemanha, 1930], de Slatan Dudow
  • Kuhle Wamp [Alemanha, 1932], de Slatan Dudow
  • A ópera dos três vinténs [Alemanha, 1931], de Georg Wilhelm Pabst
  • Os carrascos também morrem [EUA, 1943], de Fritz Lang
  • Vênus Negra [França, 2009] de Abdellatif Kechiche
  • O quase homem [2012], de Martin Lund
  • Eu sou um cyborg, mas tudo bem! [Coreia do Sul, 2006], de Chan-wook Park
  • Lola [França, Filipinas, 2009], de Brillante Mendoza
  • Preenchendo o vazio [Israel, 2013], de Rama Burshtein
  • Hannah Arendt [Alemanha, França, 2013], de Margarethe Von Trotta
  • Cerejeiras em flor [Alemanha, 2009], de Doris Dorrie
  • O que traz boas novas [Canadá, 2013], de Philippe Falardeau
  • Bastardos [França, 2013], de Claire Denis
  • O balão branco [Irã, 1995, de Jafar Panahi
  • O mestre [EUA, 2012], de Paul Thomas Anderson
  • O som ao redor [Brasil, 2013], de Kleber Mendonça Filho
  • Tabu [Portugal, 2012], de Miguel Gomes
  • Uma juventude como nenhuma outra [Israel, 2006], de Dalia Hager, Vidi Bilu
  • Tão forte e tão perto [EUA, 2012], de Stephen Daldry
  • A canção dos pardais [Irã, 2008], de Majid Majidi de
  • Samaritana [Coréia do Sul, 2004], de Ki-Duk-Kim
  • O joelho de Claire [França, 2003], de Eric Rohmer
  • Dente canino [Grécia, 2009], de Yorgos Lanthimos
  • Frances Ha [EUA, Brasil, 2012], de Noah Baumbach
  • O capital [França, 2012], de Costa-Gavras
  • Os belos dias [França, 2012], de Marion Vernoux
  • Arca Russa [Rússia, 2002], de Aleksandr Sokurov
  • Orlando [Grã-Bretanha, 1992], de Sally Potter
  • Ricardo III [Grã-Bretanha, 1955], de Laurence Olivier
  • Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios [Brasil, 2012], de Beto Brant e Renato Ciasca
  • Almas gêmeas [EUA, Nova Zelândia, 1995], de Peter Jackson
  • Ninotchka [EUA, 1939], de Ernst Lubitsch
  • Toda forma de amor [EUA, 2010], Mike Mills de
  • Elena [Brasil, 2012], de Petra Costa
  • Separado juntos [China, 2010], de Wang Quan'an
  • Além da liberdade [França, Reino Unido, 2012, ] de Luc Besson
  • Criança, a alma do negócio [Brasil, 2012] de Estela Renner
  • Muito além do peso [Brasil, 2012], de Estela Renner
  • Estrela solitária [França, EUA, Alemanha, 2005], de Wim Wenders
  • Pretérico perfeito: o filme da casa rosa [Brasil, 2006], Gustavo Pizzi
  • Tempos de lobo [Áustria, França, 2003], de Michael Haneke
  • Kafka [EUA, 1991], de Steven Sodenberg
  • Caravaggio [Itália, 2007], de Angelo Longoni
  • Arizona Dream [EUA, 1993], de Emir Kusturica
  • A festa de Babette [Francês, 1987], de Gabriel Axel
  • Sobreviventes: filhos da guerra de canudos, de Paulo Fontenele
  • Anos de chumbo 2: Fênix 1980), Cartas da mãe (2003), Memórias finais da república de fardas (2008) e Várias vidas de Joana (2009)
  • Palavra (en)cantada (2009), de Helena Solberg
  • Mutum [2007], de Sandra Kogut / Rio de Janeiro, Minas, de Marily da Cunha Bezerra
  • Sentindo na pele [2009], de Esther Rots
  • Oslo, 31 de agosto [Noruega etc, 2011], de Joachim Trier
  • Ondas do destino [Dinamarca etc.,1996], de Lars Von Trier
  • Submarino [Reino Unido, 2010], de Richard Ayoade
  • Rota irlandesa [Bélgica, França, ...2010], de Ken Loach
  • Sorrisos de uma noite de amor [Suécia, 1955] de Ingmar Bergman
  • As vantagens de ser invisível [EUA, 2012], de Stephen Chbosky
  • Triângulo amoroso [Alemanha, 2010, de Cristian Mungiu
  • Além das montanhas [França, Bélgica, Romênia, 2013], de Cristian Mungiu
  • Indomável sonhadora [EUA, 2013], de Benh Zeitlin
  • Lincoln [EUA, 2013] de Steven Spielberg
  • Incêndios [Canadá, 2011], de Dennis Villeneuve
  • 10 Ten [França, Irã, 2002], de Abbas Kiarostami
  • As aventuras de Pi [EUA, 2012], de Ang Lee
  • Um doce olhar [França, Alemanha, Turquia, 2010], de Semih Kaplanoğlu
  • Os miseráveis [Reino Unido, 2012], de Tom Hooper
  • Shame [Reino Unido, 2012], de Steve McQueen
  • Um alguém apaixonado [França, Japão, 2012], de Abbas Kiarostam
  • Poesia [Coréia do Sul, 2010], de Lee Shang Dong
  • Transamérica [EUA, 2005], de Duncan Tucker
  • O segredo dos seus olhos [Espanha, Argentina, 2010], de Juan José Campanella
  • Argo [EUA, 2012], de Ben Affeck
  • Medianeras [Argentina, Espanha, Alemanha, 2011] de Gustavo Tareto
  • O rito [Suécia, 1969], de Ingmar Bergman
  • Tetro [Espanha, Itália, EUA..., 2009], de Francis Ford Coppola
  • Na estrada [França, EUA, Reino Unido, 2012], de Walter Salles
  • Hannah e suas irmãs [EUA, 1986], de Woody Allen
  • Intocáveis [França, 2012], de Eric Toledano, Olivier N
  • Os palhaços [Itália, França, Alemanha, 1970], de Federico Fellini
  • Elefante branco [Argentina, Espanha, 2012], de Pablo Trapero
  • Família rodante [Argentina, 2003], de Pablo Trapero
  • Django livre [EUA, 2012], de Quentin Tarantino
  • Amor [França, Alemanha, Austria..., 2012], de Michael Haneke
  • A fita branca [França, Itália... 2009], de Michael Haneke
  • O ovo da serpente [EUA, Alemanha], de Ingmar Bergman
  • Oceanos [França, 2009], de Jacques Perrin e Jacques Cluzaud
  • Os guarda-chuvas do amor [França, 1964], de Jacques Demy
  • Cildo [Brasil, Reino Unido, 2010], de Gustavo Moura
Categories:

2 Palavrinhas:

Virginia Torres disse...

Tbm tenho uma tara por listas e já copiei a sua! Assisti alguns poucos desses aí, então já ao trabalho!

Virginia Torres disse...
Este comentário foi removido pelo autor.